RELATÓRIO III

Grupo 1

  • Victor H. M. Marostega RA 064927
  • Felipe C. Mercadante RA 043369

Relatório referente às atividades das aulas 5 e 6 do Laboratório de Micro e Minicomputadores: Hardware

  • Observação: Este relatório foi desenvolvido em conjunto pelos alunos Felipe C. Mercadante e Victor H. M. Marostega. O mesmo encontra-se divido em duas partes, alocadas em páginas diferentes, para atender às convenções adotadas para o uso do Adessowiki. Ainda, ressalta-se que todas as atividades no laboratório foram realizadas em dupla.

Aula 5 - Início da montagem e análise do código de inicialização

Início da montagem

O passo inicial foi preparar uma placa para montagem. A mesma foi obtida no almoxarifado - designou-se para o grupo a placa número 38 - e ainda estava com os componentes do projeto do semestre anterior. Assim, utilizando as ferramentas apropriadas, retiraram-se os fios que interligavam os diversos soquetes presos à placa. Estes últimos, uma vez livres, puderam ser retirados, e a placa ficou completamente limpa (sem nenhum componente).

Para a execução do projeto inicial - que consiste em utilizar o microcontrolador associado à um oscilador externo para fazer um LED piscar -, é necessário, inicialmente, fixar na placa um soquete para a colocação do MCF51CN128. Este último requeriria um soquete de 64 pinos no formato quadrado, com 16 pinos por lado, o qual não está disponível. Assim, é necessário adaptar soquetes comuns de 16 pinos. Visto que o microcontrolador a ser utilizado é um componente delicado, e portanto a fixação dos soquetes deve ser feita de maneira precisa, foi inculbido ao SATE (Seção de Apoio Técnico ao Ensino - Graduação e Pós-Graduação) tal tarefa. Para tal, a placa foi deixada no almoxarifado, a espera do serviço.

Concluída a fixação dos soquetes para o microcontrolador, colocaram-se dois soquetes de 16 pinos (8x2) e um de 18 pinos (9x2), nos quais, posteriormente, serão fixados os componentes necessários à elaboração do projeto. Ressalta-se que a disposição destes três últimos foi feita de maneira à minimizar a utilização de fios e facilitar a visualização das ligações, tal qual recomendação feita pelo professor. Na Figura 1, uma foto da placa após o procedimento inicial de montagem.

/media/Attachments/courseEA079_1S2010/Evic_3/Figura1.JPG

Figura 1 - Placa após procedimento inicial de montagem.

O próximo passo foi dado na parte inferior da placa. Para proporcionar maior facilidade e minimizar as chances de erros nas ligações em wire-wrap entre os pinos dos soquetes, foram disponibilizados os guias para ligação na página principal da disciplina, na Adessowiki. Após imprimir e recortar os modelos necessários, os mesmos foram perfurados nos locais indicados. Para tal, utilizou-se uma lapiseira de ponta fina - não se possuia um conjunto de headers, ferramenta apropriada para essa finilidade - e a própria placa, esta para orientar a correta posição dos orifícios. Feito isso, bastou colocar as guias em cada soquete. O resultado pode ser observado na Figura 2.

Figura 2 - Vista inferior da placa, após colocação das guias de ligação.

Análise do código de inicialização

Essa parte encontra-se na página do Felipe.

Aula 6 - Montagem, geração do código do oscilador com cristal e especificação do projeto

Montagem

Fixados todos os soquetes necessários para o projeto inicial, deve-se então efetuar todas as ligações wire-wrap necessárias. O esquemático do projeto, disponível na página da disciplina na Adessowiki, foi utilizado como referência para as conexões. Também foi considerado o posicionamento de componentes sugerido pois, havendo um padrão para todos os trabalhos, há possibilidade da realização de testes entre as duplas, cuja finalidade é facilitar a identificação de problemas ou erros de montagem.

Antes de se realizar as ligações na prática, esquematizou-se, na página de posicionamento dos componentes, o que deveria ser feito. Vide Figura 3.

Figura 3 - Esquema para as ligações wire-wrap.

Uma vez tudo planejado, iniciou-se as ligações wire-wrap. Na Figura 4, pode-se observar que parte das ligações já foram feitas.

Figura 4 - Parte das ligações wire-wrap realizadas.

Programação e análise de código

Essa parte encontra-se na página do Felipe.

Especificação do projeto final

Para o projeto final, ficou estabelecido que devem ser utilizados, necessariamente, os seguintes componentes:

  • A interface para microfone e digitalização de voz utilizando o conversor A/D.
  • A interface serial RS/232 para ser ligada à porta serial do PC.
  • Um ou mais botões
  • Um display de LED de 7 segmentos.

Após uma breve discussão, os integrantes do grupo se definiram por algo que denominou-se de Porta Recados Eletrônico. Define-se um botão para que ocorra o início da gravação. Digitaliza-se a entrada (microfone) por um período pré-estabelecido. Armazenam-se tais dados e incrementa-se o display, indicando a existência de uma nova mensagem. Através de outro botão, é possível reproduzir o recado gravado. Ainda, através de botões, pode-se implementar um sistema simples para selecionar o conteúdo armazenado, de maneira que este possa ser apagado ou reproduzido a critério do usuário.

Referências bibliográficas

  • MCF51CN128 ColdFire Integrated - Microcontroller Data Sheet - Rev.4 - 05/2009 - Freescale
  • MCF51CN128 ColdFire Integrated - Microcontroller Reference Manual - Rev.6 - 12/2009 - Freescale